ideia com piada: Wisecrack!

 

Partilho convosco um vídeo dos autores do canal de youtube Wisecrack. Fazem críticas e análises a livros, séries, filmes, etc. Mas sempre de uma forma cómica, contudo, informativa. Espreitem!

Anúncios

Séries ::: unREAL (7/10)

Estava eu a ouvir um podcast do Nerdist Writers Panel, quando me deparei com a entrevista/debate com a Sarah Gertrude Shapiro. Nunca tinha ouvido falar de tal pessoa, mas achei apaixonante a forma como a Sarah descreveu o projecto que tinha recentemente chegado aos ecrãs norte-americanos: a série UnREAL.

unreal_tv_series_poster

Resolvi então ver o primeiro episódio. A princípio, assustei-me. Estava-me a ser apresentado um reality show americano, daqueles que os campónios do interior da América do norte adoram, uma falsa natureza morta. Num casarão luxuoso, percebemos que se trata de um programa onde várias mulheres (pretendentes) tentam cativar o interesse de um jovem herdeiro de uma família britânica detentora de uma grande cadeia de hotelaria.

Estava quase a fazer premir as teclas CMD + Q quando, de repente, vemos os bastidores deste reality show e entramos no universo dos produtores e equipa de filmagens. Como estudei cinema e vídeo, sou um gajo suspeito. Mas fiquei vidrado nos personagens, intrigas e relações de toda a equipa num meio horrível, que apenas visa satisfazer tabelas de rating e audiências. A falta de escrúpulos, a exploração da dignidade humana, a invasão de privacidade são-nos passada por uma narrativa que nos faz querer sempre mais.

Devorei a primeira temporada em poucos dias. Dois, para ser exacto. Aproveitei o pós-operatório para me aventurar com esta série e acabei por ficar viciado. Dou-lhe 7 valores, pela ideia original, narrativa e personagens. A (ocasional) excessiva plasticidade em algumas cenas, a previsibilidade de outras e a (má) qualidade de alguns actores impediram a subida na escala!