Uma Questão de Zen, o Regresso.

Voltei a fazer o login no wordpress e senti vergonha; o ultimo post publicado fora em Março.

Não sei o que que aconteceu. Foi uma súbita apatia. Não me apetecia escrever e continuar a praticar este exercício de disciplina que tanto bem me tinha estado a fazer. As meditações começaram a ficar cada vez mais espaçadas, até que sairam por completo da rotina. Descuidei por completo a minha alimentação – enfim, tudo aquilo que construí acabei por fazer ruir em poucos meses.

A minha presença na blogosfera é diária. São inúmeros os blogs que acompanho, que me dão prazer. Até de férias, no smartphone, acabo por acompanhar aqueles que são mesmo do coração. E voltei a ter vontade de escrever aqui. Enfrentar a vergonha e, em vez de criar um novo blog, seguir com este. Com as respectivas actualizações gráficas e…

25 de Setembro, 2015


Não sei. Desde que me lembro, sempre me deparei com coincidências. Umas mais peculiares do que outras. Comecei a escrever este post no dia 25 de Setembro, à noite. Já andava com ideias de voltar a escrever; mas no fundo, só é a valer depois de digitar as palavras.

Hoje soube nas urgências de um hospital que um recente inchaço na minha barriga é causado por um abdominal lasso. Enfraquecido pela falta de exercício físico e má alimentação. É oficial: agora a dieta é forçada, por questões de saúde.

Ainda terei que ver umas questões médicas durante a semana que se avizinha, mas em princípio, nada de grave.

O mais estranho aqui é eu sentir uma necessidade de voltar a escrever, de meditar com regularidade, de me alimentar com coisas saudáveis numa base diária. Evitar as excepções e apostar numa das minhas maiores fraquezas: a resiliência.

Sem desculpas. O problema é a falta de vontade, a preguiça, a procrastinação. Isso tem que mudar. Der por onde der. E começa hoje.

Anúncios

2 thoughts on “Uma Questão de Zen, o Regresso.”

  1. Vi-me completamente nas palavras que escreveste…não sei porque razão este último mês também foi um desastre. Deixei quase todos os hábitos saudáveis que tenho vindo a implementar de lado, mas o que interessa é nunca desistir e recomeçar assim que sentimos que é a altura.
    Bom regresso 🙂 e desejo-te as melhoras!

    Liked by 1 person

    1. Obrigado Raquel, pelo incentivo e palavras de força. Estou realmente com vontade de voltar a escrevinhar neste meu cantinho. Espero que consiga contagiar-te e que também voltes à carga com mais regularidade para te poder ler com mais frequência 🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s