Surya Namaskar ::: Saudação ao Sol

Comecei a prática do yoga há pouco mais de um mês. Tem sido uma descoberta muito interessante e desafiante – a cada aula descubro novos limites do meu corpo e ganho maior consciência dele. Reaprendi a respirar – em cada asana (posição/postura no yoga) – e adoro sentir o efeito tranquilizante que a consciência dos movimentos me transmite.

Agora que já começo a perceber melhor as posturas e o propósito de cada aula de yoga – muito mais que mero exercício físico – queria partilhar convosco uma sequência adequada para principiantes e falar-vos um pouco sobre ela.

Surya Namaskar – Saudação ao sol

A palavra surya, no hinduísmo, representa a divindade do sol; uma persona muito presente nos antigos textos védicos e parte integrante da mitologia hindu. Namaskara é a prostração/saudação que se faz a essa divindade e hoje é uma prática comum na Índia. Consiste em 12 asanas, com respectivos tempos de respiração – com esta última entramos na dimensão mais metafisica do yoga, o pranayama.

Pranayama(definição Google)
(in yoga) the regulation of the breath through certain techniques and exercises.

Sanskrit, from prāṇa ‘breath’ + āyāma ‘restraint’.

O fluxo do prana no meu  corpo (energia cósmica, energia de que tudo é composto, dito de forma simplista) é o que mais me atrai no yoga. Para além da parte física, a questão de estar consciente(mindfulness, lá está) do espaço e vitalidade do meu corpo é uma forma de meditação que atraí bastante. As respirações são o motor deste sentimento. O relaxamento que ele proporciona é indescritível.

A título de curiosidade, li algures na net(desculpem a falta de referência) que muitos indianos praticam a sequência 108 vezes (por ser um número com significado em algumas zonas da Índia). Vi imagens lindas num documentário brilhante chamado “Beyond” centrado numa viagem de três amigos a Varanasi. As margens do rio, aos nascer do sol, repletas de pessoas de todas as idades e feitios a praticarem yoga de forma ritualista e com uma beleza marcante.

Quero começar a praticar este conjunto de posições todos os dias. Será um novo hábito (sinto que a meditação e a alimentação consciente já estão enraízadas) que quero ter nas minhas rotinas diárias. De manhã, nem que tenha que acordar ainda mais cedo, de modo a saborear melhor o acordar (e porque também as minhas aulas de yoga são sempre ao final do dia).

Roubei esta imagem algures no Pinterest!
Roubei esta imagem algures no Pinterest!

Existem hoje em dia várias variações desta prática. Mas no fundo são iguais nas posições chave – as diferenças não passam de nuances de algumas asanas. Espero daqui a uns meses estar a falar do sucesso deste novo desafio!

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s